Páginas

14 de agosto de 2011

Em suma...

vida normal
do típico cidadão brasileiro e piauiense
vida sem graça, vida sem nada,
sem gosto e com um pouco de sabor,
vida de ilusão e desilusão,
de amores e desamores,
um amor e um desamor que tu não sabe se existe,
se é correspondido, amado ou sei lá o quê,
amar aquilo que tu ama e quem não te ama,
vida normal,
de um universitário que não sabe o que quer,
não sabe o que faz,
não sabe o que pensa,
não sabe seu curso,
não sabe de nada,
vida normal,
de uma pessoa qualquer
como outra que não existiu.



Teresina. 27.02.2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário